BEM VINDO AO BLOG DO IKESSAURO



segunda-feira, 24 de março de 2008

Driossauro

© Mineo ShiraishiEsqueleto de Dryosaurus
© Dinosaur Depot Museum

Nome científico: Dryosaurus altus, D. lettowvorbecki.
Significado do Nome: Lagarto Carvalho.
Tamanho: 4 metros de comprimento e 1,5 metros de altura nos quadris.
Peso: 70 a 100 quilos.
Alimentação: Herbívora.
Período: Jurássico Superior.
Local: América do Norte e África.

Veja onde viveu o Dryosaurus
© Mapa modificado por Patrick Król Padilha Veja quando viveu o Dryosaurus
© Patrick Król Padilha

O Dryosaurus é um pequeno dinossauro herbívoro, cujo nome provém do Grego, Dryo = carvalho e Sauros = lagarto, significando Lagarto Carvalho, nome que pode ter sido dado devido forma dos seus dentes.
Este dinossauro é um animal da família dos Ornitópodes, que engloba vários animais, entre os mais conhecidos estão os das famílias Iguanodontidae, Hadrosauridae e os pequenos dinossauros como o Hipsilofodonte. O Dryosaurus é pequeno e se parece com os hipsilofodontídeos, mas na verdade, diversas diferenças anatômicas o fazem pertencer ao grupo dos Iguanodontídeos, em vez de ser classificado junto com os menores. Segundo o site do Museu de História Natural de Londres, este dinossauro é classificado da seguinte maneira: Dinosauria > Ornithischia > Genasauria > Cerapoda > Ornithopoda > Euornithopoda > Iguanadontia > Euiguanadontia > Dryomorpha > Dryosauridae > Dryosaurus.

O pequeno Driossauro viveu no Jurássico Superior na América do Norte e África. Seus fósseis foram encontrados pela primeira vez no século 19 e foi determinado como Laosaurus altus por Othniel Charles Marsh, mas posteriormente o nome foi oficialmente mudado para Dryosaurus altus em 1878, também por Marsh. Diversos fósseis foram achados, principalmente na Tanzânia. Em 1894 Marsh elegeu um novo gênero com o nome do animal, tornado D. altus o espécime "Tipo" ou "Holótipo", já que animais assim eram desconhecidos, gênero este que depois viria a abrigar outras espécies de Driossauros.
A espécie Dryosaurus lettowvorbecki foi nomeada em 1919 por Wirchow, e é considerada válida ainda hoje. No entanto outras espécies de Driossauro nomeadas no decorrer do tempo foram descartadas como sinônimo ou renomeadas. Confira a seguir as espécies de Driossauro que foram criadas por pesquisadores e que fim as levou e as espécies que acabaram sendo renomeadas como Dryosaurus:
  • Dysalotosaurus lettow-vorbecki > renomeado para Dryosaurus lettowvorbecki;
  • Laosaurus altus > renomeado para Dryosaurus altus;
  • Dryosaurus grandis = sinônimo de Ornithomimus affinis e de Allosaurus medius; O Ornithomimus affinis foi renomeado posteriormente para Archaeornithomimus;
  • Dryosaurus canaliculatus > renomeado para Valdosaurus canaliculatus;
O Driossauro tinha um longo pescoço, longas e finas pernas e uma cauda fina e comprida. Seus braços tinham mãos com 5 dedos curtos. No desenvolvimento máximo media em torno de 4 metros de comprimento, 1,5 metros de altura no quadril e devia pesar entre 77 e 91 quilos.
Seus olhos eram grandes, o que pode indicar boa visão. Sua boca terminava em um bico córneo e ainda tinha bochechas, além dos dentes que serviam para moer seu alimento, pois como era herbívoro, precisava quebrar as plantas de alguma maneira para facilitar a ingestão. e digestão.
Alguns cientistas sugerem que tinham bochechas para poder segurar por mais tempo a comida na boca sem derrubá-la, enquanto faziam uma espécie de mastigação primitiva com seus dentes especializados para isto.
Aliás, como diversas espécies e exemplares de idades diferentes foram encontrados, frequentemente encontramos diferenças em representações do animal, talvez porque os espécimes usados como base para tais reconstruções eram diferentes. Abaixo você pode ver um exemplo, sendo que um dos esqueletos está exposto em um museu em Berlim e outro foi leiloado em New York há pouco tempo. Observando, notamos grandes diferenças entre a forma dos crânios, o que pode ser devido ao fato mencionado anteriormente ou porque talvez um seja o fóssil original e o outro somente uma réplica.
Driossauro no museu de Berlim
© SwashbunnyEsqueleto de Driossauro Leiloado em New York
© Timeoutnewyork
© Timeoutnewyork
Provavelmente vivia em bandos ou grupos pequenos, que cuidavam dos filhotes após a eclosão dos ovos e ensinavam os pequenos dinossaurinhos a sobreviver. Suas pernas são de uma constituição ótima para correr, o que era muito bom para este herbívoro, porque ele não tinha outras defesas contra predadores, que eram ferozes, entre eles o Ceratosaurus e Allosaurus.
Além de conviver com predadores, o Driossauro conviveu com alguns dos mais famosos dinossauros, como o Estegossauro e o Braquiossauro e Camarassauro, que também viveram no Jurássico.
No documentário "When Dinosaurs Roamed America" (Quando os Dinossauros Reinavam na América) aparecem três Driossauros, sendo uma fêmea e seus dois filhotes. De repente do meio de umas árvores surge um Ceratosaurus que os ataca e os faz fugir correndo. Mas um dos filhotes fica para trás e é devorado pelo carnívoro. Confira a seguir imagens desta cena.
Driossauro antes da perseguição
© Discovery channel
Início do ataque
© Discovery channel
Terminando de engolir
© Discovery channel

Os esqueletos do Driossauro contam muito sobre sua aparência, mas nem sempre a reconstrução é fácil. Um exemplo é o exemplar do Museu Carnegie dos Estados Unidos. Ele está bem preservado, mas diversos ossos estão faltando ou estão quebrados. Por isto os cientistas tem que reconstruir os ossos, ou fazer cópias dos mesmos para montar um esqueleto completo. Veja a seguir os pesquisadores Allen e Norm ao lado dos ossos fossilizados do Driossauro (de cor cinza), dispostos na mesa junto com as cópias e ossos restaurados (de cor branca).
Ossos do Driossauro e os cientistas Allen e Norm ao lado
© Carnegie's Museum Paleolab
Além do documentário do Discovery Channel citado acima, existem outras aparições do Driossauro na mídia, como no famoso "Walking with Dinosaurs" da BBC. No segundo episódio ele aparece rapidamente, bem como no "Walking with Dinosaurs Special: The Ballad of Big Al." No especial da série o Driossauro aparece com mais destaque, principalmente quando caçado pelos Alossauros.
Driossauro de Walking with Dinosaurs
©
BBC

Pouco tem aparecido na mídia, mas assim mesmo este dinossauro é bem popular. Nos filmes da trilogia Jurassic Park ele não aparece, mas no jogo Jurassic Park Operation Genesis ele é uma das espécies que se pode criar no parque.
Dryosaurus de Jurassic Park Operation Genesis
© Blue Tongue

Fontes

0 comentários: