Às vezes o conteúdo que você procura não está na primeira página. Seja um paleontólogo no Ikessauro e procure aqui o conteúdo que deseja!



sábado, 11 de julho de 2009

Pesquisadores afirmam que primatas podem ter surgido na Ásia

Neste dia 1º, quarta-feira, cientistas divulgaram um estudo afirmando que os primatas podem ter surgido na Ásia e não na África como se imaginava. Fósseis descobertos em Mianmar foram usados como base da teoria, sendo compostos de uma mandíbula fragmentada e dentes, com estimativa média de idade em 38 milhões de anos. Para saber mais, clique para expandir a postagem e veja a matéria na íntegra.

O fóssil foi achado em 2005, pela equipe do Museu Carnegie de História natural de Pittsburgh, serviu de base ao estudo que foi publicado na revista científica Proceedings of The Royal Society B. O animal, foi nomeado como Ganlea megacanina, cujos fósseis não pertenceram a um único indivíduo, mas sim a cerca de 10 a 15 deles. Pesquisadores que não fazem parte do estudo concordam que este animal, da família Amphipitecidae, é uma descoberta importante, mas que não é suficiente para dizer que os primatas antropóides, que se parecem com o homem, surgiram na Ásia.
A análise dos dentes sugere que eram primatas de cauda longa e arborícolas, que vivem em árvores, e que usavam os caninos para abrir frutas, das quais aproveitavam a polpa e as sementes. Seus caninos estavam desgastados, por isso os paleontólogos acreditam nesta hipótese.
Muitos pesquisadores especialistas em primatas antropóides debateram o fato de que o Ganlea era sim um estágio da evolução dos primatas que originaram o homem, mas não acreditam que o local seja o "berço da humanidade". Pode ser que na África hajam animais com o mesmo estágio de evolução a serem descobertos, pois não se achou por enquanto um sítio fossilífero da mesma idade no continente Africano. Outros ainda afirmam que este tipo de primata deve ter vivido no mundo todo, em qualquer local que tivesse um clima tropical.

Fonte

1 comentários :

Simoes Lopes disse...

É uma pena que ainda não se conheçam jazidas paleocênicas no sudeste asiático com faunas terrestres. As da África estão concentradas no norte (Marrocos), mas só existe um suposto primata africano paleocênico, o Altiatlasius.