Às vezes o conteúdo que você procura não está na primeira página. Seja um paleontólogo no Ikessauro e procure aqui o conteúdo que deseja!



quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Dinossauros da Patagônia (Dinosaurios de la Patagonia)

© Discovery Channel
Em Dinossauros da Patagônia, do Discovery Channel, vamos viajar através da história da paleontologia na Patagônia, desde os primeiros achados até os dias atuais, vendo as peculiaridades dos fósseis encontrados na região, incluindo desde mamíferos gigantes extintos até os famosos dinossauros, dentre os quais a Patagônia forneceu os fósseis de recordistas em tamanho. Clique para expandir a postagem e confira um breve resumo do documentário.

As primeiras descobertas na Patagônia aconteceram há mais de 100 anos, quando pesquisadores como Charles Darwin, passaram aqui na América do Sul e encontraram o primeiro animal fóssil, uma preguiça gigante que foi enviada à Europa para ser estudada. Nomeada como Megatherium, este foi o primeiro animal extinto de que se teve notícia na Patagônia e a partir daí começaram as buscas na região para encontrar mais restos fósseis.
Megatherium: o 1º animal extinto da Patagônia a ser estudado
© Discovery Channel
Os pioneiros da peleontologia na região foram os irmãos Ameghino que descobriram inúmeros fósseis de Mamíferos e posteriormente dos primeiros dinossauros.
A partir daí o interesse pelos fósseis patagônicos só aumentou, uma vez que novas espécies foram sendo descobertas e mostraram-se diferentes, com características nunca vistas antes.
Imaginava-se que na América do Sul os tiranossauros eram os dinossauros predadores, assim como na América do Norte e Ásia, pois nunca havia sido encontrado um fóssil de terópode por aqui que mostrasse como eram, até o achado do Abelissauro, que demonstrou ser bem diferente dos tiranossauros, tendo que ser classificado em uma nova linhagem.
Abelissauro: acabou com a ideia de que os "Tiranos" viviam aqui
©
Discovery Channel
© Discovery Channel

Surgiram então outros animais estranhos, como o saurópode Amargassauro, que exibia longos espinhos em uma dupla fileira pelo pescoço e parte das costas formados pelo prolongamento das vértebras.
Um dos dinos bizarros é o Amargassauro
©
Discovery Channel

Outro fóssil impressionante foi o do Carnotauro, pois jamais haviam visto animal deste grupo com crânio tão curto, braços tão insignificantes e chifres na cabeça, além de que o material estava muitíssimo completo, incluindo impressões da pele de todo um lado do corpo.
Carnotauro: um achado notável
© Discovery Channel

A coleção de animais da Patagônia aumentou com as descobertas do Argentinossauro, o maior herbívoro conhecido e o Giganotossauro, na época o maior terópode já encontrado, que causou furor devido ao fato de superar o T.rex em tamanho.
Argentinossauro: o orgulho argentino dentre os dinossauros
© Discovery Channel

Encontrou-se ainda o Megaraptor e o Futalognkosaurus, outro gigante saurópode considerado o mais completo até hoje em relação ao tamanho, pois foram recuperados 70% do esqueleto.
Giganotossaro: na época da descoberta provocou muito debate
©
Discovery Channel

O documentário nos mostra como, quando e onde ocorreram as principais descobertas de dinossauros na Patagônia, quem os descobriu e inclui entrevistas com diversos paleontólogos como Jorge Blanco entre outros.
Gostei muito deste documentário porque nos dá mais informações de como foi o desenvolvimento da paleontologia na América do Sul e porque mostra como foram descobertos os animais, muitas vezes com a narração do próprio descobridor, o que passa a emoção que o pesquisador sentiu ao achar o animal fóssil.
Outro fato interessante que este é o primeiro documentário que conheço que retratou o Carnotauro em computação gráfica animada, ou seja, movendo-se. Eu particularmente não havia visto em nenhum documentário este dinossauro retratado com "vida". Além deste, outro como o Giganotossauro e o Argentinossauro foram animados para dar uma ideia de como eram.
Primeira animação que vi do Carnotaurus
©
Discovery Channel
Dois Giganotossauros se encaram
©
Discovery Channel


Fonte
  • DVD Dinossauros da Patagônia

1 comentários :

Smilodon disse...

Onde acho para dowload dublado?