Às vezes o conteúdo que você procura não está na primeira página. Seja um paleontólogo no Ikessauro e procure aqui o conteúdo que deseja!



quarta-feira, 30 de julho de 2014

Tyrannosaurus vs. Spinosaurus: quem vence?

Desde 2001, quando o filme Jurassic Park 3 estreou nos cinemas, o Espinossauro caiu  nas graças de todo o mundo como o mais novo grande predador da era mesozoica. No filme ele aparece logo no começo e para deixar claro que ele era um dos maiores predadores que já existiu, os produtores do filme tiveram a "brilhante" ideia de criar uma luta entre ele e um Tiranossauro, o maior vilão dos filme anteriores. Não preciso dizer que o Espinossauro não só venceu a luta, como matou o Tiranossauro no final. Mas e na vida real, quem venceria o duelo? Clique em "Leia Mais" e saiba tudo sobre isso!

O motivo de eu estar criando essa postagem não é tanto o de responder a questão, mas para resolver um pequeno "problema" que surgiu no mundo virtual. Então se você está lendo este texto, não deixe de ler até o final para entender de uma vez por todas essa questão e poder na próxima vez, responder melhor quando alguém te perguntar sobre isso.
A vitória do Spinosaurus desagradou muita gente, pois apesar de o T.rex ser o vilão do filme, ele sempre foi o dino mais famoso de todos e ninguém gosta de ver um dos mais amados protagonistas do cinema ser derrotado sem muitas explicações por um novato que acabou de dar as caras.
Isso criou uma legião de fanboys do Tiranossauro e outra do Spinosaurus, que teimam em debater infinitamente quem realmente venceria uma luta.  
De um lado os tradicionalistas adorando o T.rex e defendendo sua superioridade a todo custo, de outro um monte de gente adorando a novidade, um novo dinossauro, mais longo, "mais alto" e supostamente mais forte que o Tiranossauro.
Os argumentos mais comuns do lado do Tiranossauro são que ele seria muito mais forte fisicamente, literalmente mais musculoso que o Espinossauro, teria uma mandíbula mais robusta, um crânio poderoso e forte, dentes gigantes e tão grossos como uma banana com bordas serrilhadas retalhadoras de carne. Além disso tem gente que vai mais longe, afirmando que ele deveria ser mais inteligente que o dino africano, teria olfato mais apurado e visão binocular (estereoscópica).
Do lado do Espinossauro, os defensores falam que ele seria mais rápido, mais hábil para manobrar, teria os braços mais longos o que permitiria agarrar o oponente bem como possuía garras poderosas na mãos para arranhar. Seu focinho mais longo permitiria um maior alcance da mordida. Sua vela permitiria um melhor controle da temperatura corporal, oferecendo uma vantagem ao grandalhão, sem falar no tamanho avantajado, pelo menos 5 metros mais longo que o T.rex pela estimativa mais extrema.
É claro que os internautas que debatem o assunto listam muito mais informações sobre cada dino, buscando sempre cada vez mais provar que seu dino favorito venceria. O problema de tudo isso é que não importa o quanto debatam, NUNCA CHEGAM A UMA CONCLUSÃO!
Isso acontece porque em primeiro lugar o Tiranossauro viveu na América do Norte no final do Cretáceo, enquanto que o Espinossauro viveu na África no começo do Cretáceo, ou seja, era impossível que os dois tivessem se encontrado tanto geográfica, quanto temporalmente, portanto a luta nunca poderia ocorrer na vida real. Só isso já é motivo para não se focar demasiadamente em tal discussão, porém, ela continua.
Supondo que os dois se encontrassem numa situação ficcional, como o de Jurassic Park, porém regida por regras e parâmetros do mundo real a luta seria completamente imprevisível. Dependeria de diversos fatores externos aos animais, bem como alguns fatores inerentes de cada um. 
A idade de cada animal influenciaria o resultado, a experiência de vida de cada um, o temperamento, estado de saúde, nutrição, a motivação (disputa por comida, território, parceiro sexual, proteção de filhotes etc) também determinariam com quanto empenho cada um lutaria. 
Fatores externos como clima, vegetação, espaço físico, quem viu quem primeiro, são só mais alguns elementos que poderiam definir o vencedor. Tudo o que é proposto para esta luta é hipotético e especulativo, pois uma vez que as variantes são muito numerosas, não há como definir quem é "melhor" ou "mais forte".
Mal conseguimos definir quem é maior entre os dinossauros! Às vezes o mais longo não é necessariamente também o mais alto ou o mais pesado e por isso é complicado afirmar quem é mais forte.

Por esses entre outros motivos eu peço que se você é uma dessas pessoas que defende com todas as suas energias um lado ou outro, pare de querer encontrar uma resposta definitiva, ELA NÃO EXISTE! 
Isso mesmo! Você JAMAIS poderá descobrir quem venceria, pois (até agora) não existe que eu saiba um meio de viajar no tempo, coletar dois animais destes, de idade igual e remover todas as variantes para vê-los lutar e definir o campeão.
Sempre que você discutir esse assunto, vai estar apenas repetindo incessantemente hipóteses criadas especificamente para defender o lado que você prefere, o dino para o qual você torce.
Não perca seu tempo e o dos outros iniciando debates em fóruns, Facebook ou outras redes sociais onde as pessoas não estão procurando discutir esse assunto. Procure no Google e encontrará inúmeros sites falando da possível luta entre os dois dinos, que o Espinossauro jamais venceria o T.rex porque tem a mandíbula fraca demais para mordê-lo enquanto que seus defensores arduamente dirão que ele não usou a boca pra vencer no filme, e sim os braços, com os quais quebrou o pescoço do eterno rei dos dinossauros.
Alguns fãs do T.rex dirão que o animal do filme era apenas um jovem enquanto que o Espinossauro era um adulto e a luta foi desproporcional. Enfim, todos esses e outros argumentos serão oferecidos, mas o resultado geralmente tem duas variações, acaba em briga, discussão e provocação ou termina com os dois lados cansados e desinteressados de discutir o tema.

O que proponho não é que você não seja questionador, que não fale no tema. Às vezes essas discussões levam a algum aprendizado, então aproveite bem um debates desses. Mas uma vez é suficiente, depois disso chega! Não tente iniciar o mesmo debate em todo grupo, fórum ou comunidade virtual que encontrar. Tá tão repetitivo quanto dizer que os Velociraptores de Jurassic Park não eram corretos cientificamente!

Não seja o cara chato que fica idolatrando um dinossauro ou outro, entenda de uma vez por todas, ninguém é perfeito. Na natureza as coisas não funcionam como no cinema. Um dia o leão captura uma gazela, no outro é devorado por um crocodilo ou morto por um búfalo. Ninguém realmente é o eterno maioral da selva, o ser perfeito que mantém o uma posição dominante indefinidamente. 
O cara pode ser o mais forte ou o maior, mas muitas vezes vai preferir evitar qualquer atrito físico com um oponente. Na selva não há remédios, hospitais, curativos ou antibióticos à disposição. Um pequeno corte pode levar à infecções generalizadas e até à morte se o animal levar azar. Um osso quebrado pode o deixar com sequelas, o que o fará ser prejudicado ou até mesmo incapacitado para caçar, procurar água ou um parceiro para reprodução.
Espero que você tenha entendido que não importa o quanto você debata essa questão, quem vence é sempre o dino do coração de quem comenta por último. Porque a linha de argumentos é sempre a mesma e vai se reciclando, é um ciclo que se repete e o último a postar é o cara que não terá seus comentários invalidados por outro comentário. 
É PERDA DE TEMPO!
Então você deve estar nesse momento me julgando, talvez me considerando um grande hipócrita por escrever este texto que por um lado é novamente a mesma discussão. Como assim, não posso debater o tema, mas o Ikessauro pode? Com certeza eu debati esse assunto no passado, algumas vezes. As primeiras realmente foram para sanar minha curiosidade sobre o tema. As outras pra tentar acalmar a galera que ficava brigando online por uma coisa sem tanta importância. Então cansei.
Meu objetivo principal é que quando alguém me pergunte sobre o assunto, eu não precise responder tudo novamente! Sério, porque eu literalmente vejo essa ladainha pelo menos uma vez por semana em algum lugar. 
O pessoal mais novo, crianças ainda iniciando seus estudos "dinossáuricos" (paleontológicos) e que ainda não conhecem direito a história sempre acabam vindo me perguntar. Como o tema toma tempo para responder satisfatoriamente eu criei esse artigo de modo que eu possa compartilhar o link com a pessoa, sem precisar escrever novamente todo esse texto por e-mail ou chat!
Fica aqui minha opinião, formada ao longo do tempo, depois de várias leituras e observações desses debates virtuais. Espero que você não se ofenda de jeito algum e se você chegou a este ponto do texto, parabéns, é uma pessoa realmente interessada em aprender alguma coisa. Alguém que busca esclarecimentos. 
Na próxima vez que te perguntarem sobre a briga, passe o link desse artigo e fique tranquilo, sem ter de responder tudo de novo. Beleza? Abração e até a próxima galera!

ATUALIZAÇÃO!!

Preciso atualizar este texto neste momento, pois como sabemos nossa visão de como era o Spinosaurus mudou drasticamente e essa mudança de fato talvez defina o vencedor dessa luta de uma vez por todas.
Em 2014, um novo estudo realizado por Ibrahim e outros pesquisadores resultou numa total reviravolta na aparência do dinossauro africano. Antes tido como um super predador bípede terrestre, agora o Espinossauro é retratado como um animal semi-aquático, com patas traseiras curtíssimas, postura quadrúpede, pés com membranas interdigitais e um crânio bem adaptado à alimentar-se de peixes e caçar na água. Sendo assim, com as perninhas pequenas, mesmo os braços longos e garras compridas não permitiriam um bom desempenho numa luta contra um predador bípede terrestre. A menos que o Tiranossauro estivesse dentro da água, é plausível supor que o Espinossauro em terra não teria chances contra o rei dos dinos. Mal teria altura suficiente para agarrar no pescoço do T.rex, menos ainda para segurar seu pescoço e torcê-lo, como feito em JP3. Então pode-se dizer que em terra firme o vencedor seria o Tiranossauro, porém dentro de águas mais profundas, certamente o Spinosaurus teria uma chance! Para ver mais sobre o novo estudo do Espinossauro, clique aqui.
© Davide Bonnadona

12 comentários :

Vinícius disse...

Olá Patrick, realmente boa postagem, ñ adianta ficar discutindo se nós nunca chegamos a uma conclusão, eu pessoalmente acho q o T-rex ganha, principalmente pelas novas descobertas sobre o Spino q ele era um quadrúpede em terra... Enfim, concordo com você!

Leonardo Muzi disse...

Meu comentário é o seguinte, não só porque ambos animais diferentes viveram em ambientes, localidades e períodos diferentes,que não se possa criar a hipótese de uma batalha,é claro que em questões normais nunca aconteceria..mais se fosse assim não se teria a ideia fantasiosa de batalhas entre outras espécies.. E até as descritas no seu post: T rex vs Torvosaurus, Spinosaurus vs Giganotosaurus..etc. Você olhou pelo lado científico, é correto..e eu concordo com você.. Mais você quebrou o imaginário de muitas pessoas. Só porque o combate não poderia acontecer,porque não o fazer ?

Minha opinião é que a vitória seria do tiranossauro, pois mesmo sendo menor,possuía vantagens sobre o espino: Uma mordida poderosa vs um focinho comprido e delgado próprio para alimentação piscívora.. O tamanho que daria a chance do t rex dar uma mordida fatal na garganta do espinossauro..Fora que estudos comprovam que o t rex viviam em feudos familiares,e não se tem relatos ou provas suficientes desse mesmo comportamento no espinossauro.

Leonardo Muzi disse...

Desculpas Vinicius, mais não tem nada ver a desvantagem de o espinossauro ser um quadrúpede em terra,isso no meu parecer não soma e nem diminui em nada,pois pelo que estudei, durante o período triássico em que os dinossauros não eram muito desenvolvidos,existia muitos arcossauros quadrúpedes e alguns crocodilomorfos que sobrepujavam os dinossauros predadores da época.. Exemplo o Postosuchus.
Não se define uma vantagem em um animal nessa situação pela sua forma de se locomover. E o espinossauro não era quadrúpede,era semi-quadrupede,podia andar com as duas patas traseiras e se apoiar com as dianteiras,igual alguns hadrossaurídeos exemplo: Parasaurolophus Walkeri.

Erick Gabriel disse...

Parabens, nam inha p´´agina me pediram um combate entre esses dois de novo, mas a o invés de falar algo so vou apenas passar esse link, OBRIGADO.

Dino play disse...

Eu só acho que muitos fans do tiranossauro não pensam no fato de também existirem de extremamente forte o gigantossauro e o carcharodontossauro....na minha opinião eu prefiro o ESPINOSSAURO por ter muitos músculos e ser ágil e inteligente mas quem sou eu para julgar dois monstros que talvez nem são da dimensão que nos pensamos

Leonardo Muzi disse...

Acho que apos as descobertas recentes sobre o espinossauro a visão minha em relação a ele mudou, ele não poderia entrar em combate contra o tiranossauro, eles eram animais com estilos e diferentes comportamentos, fora que 90% se baseia no espinossauro do Jurassic Park 3.

Apos novos fosseis terem sido descobertos no Marrocos, a visão sobre o que as pessoas tinham sobre o espinossauro mudou drasticamente. Membros traseiros mais curtos,cranio de crocodilo,pés espalmados. Morfologia totalmente aquática.

Não acho que um dinossauro como esse poderia entrae em combate com o espinossauro.

Pois:

Viveram em locais diferentes.
Não disputavam a mesma presa
Não lutavam por território
Caçavam de forma diferenciada.

Entre outros fatores.

Provavelmente não se encarariam como rivais.

raphael167cacique disse...

eram sim super-predadores,mas concordo em dizer que seria impossível a luta.
mas caso contrario,dependeria do ambiente, tamanho e idade.
Então por exemplo, pântanos, ou rios a vantagem era do espino, e já em florestas ou planícies a vantagem era do tirano.
mas caso estivessem fora de seus ambientes,o espino mataria o t-rex e vice-versa. Dependeria de quem desse o golpe certo ou analisasse o oponente para que não seja derrotado.
E o espino também não era totalmente quadrupede.
Ele se locomovia quadrupede mas talvez em alguma situação de perigo ou luta ele ficasse bípede, afinal ele era um terópode.

Gusthavo Alves disse...

O T-Rex ganha do Espinossauro. O T-Rex nunca está menos preparado. O Espinossauro só tem tamanho e braços. A mandibula dele é fina e frágil e os dentes eram retos demais de forma que só perfuraria e rasgaria a carne e os ossos ficariam com marcas minusculas. A maior força do Espinossauro tá nos braços. Algumas características do spino como visão, olfato e aldição são boas mas não são muito desenvolvidas. Enquanto o T-Rex tem os olhos na posição perfeita que era na frente do crânio um pouco acima do nariz. Isso facilitava ele a ver um espaço astante amplo a sua frente como os lobos atuais e até as águias e falcões. O olfato do T-Rex é melhor até que dos cachorros modernos. O T-Rex tem a maior cavidade olfativa dos dinos. o Espinossauro tinha um crânio comprido estreito e achatado de forma que não cabia um cérebro grande. O T-Rex tem um crânio mais espaçoso. A mandibula do T-Rex é grossa grande e forte que pode abrigar um homem inteiro. E os dentes eram grandes e grossos, curvados para trás com as bordas serrilhadas, se forma que agarraria melhor suas vítimas. Os dentes da frente eram maiores para capiturar sua presa. O T-Rex tinha a melhor mordida. A mordida do spino pode ser comparado a de um jacaré mais a mordida do T-Rex pode ser comparada a de um tubarão. O T-Rex tinha um esqueleto forte como o do Edmontossauro. Os braços do T-Rex não eram inúteis porque não davam peso a ele para ele não ser tão lento e eles eram fortinhos para ajudalo a se levantar. Deite-se no chão de brussos e tente se levantar sem usar os braços e sem rolar e tu verás como é dificil. O T-Rex não é chamado de rei sem motivo.

Gusthavo Alves disse...

O T-Rex ganha do Espinossauro. O T-Rex nunca está menos preparado. O Espinossauro só tem tamanho e braços. A mandibula dele é fina e frágil e os dentes eram retos demais de forma que só perfuraria e rasgaria a carne e os ossos ficariam com marcas minusculas. A maior força do Espinossauro tá nos braços. Algumas características do spino como visão, olfato e aldição são boas mas não são muito desenvolvidas. Enquanto o T-Rex tem os olhos na posição perfeita que era na frente do crânio um pouco acima do nariz. Isso facilitava ele a ver um espaço astante amplo a sua frente como os lobos atuais e até as águias e falcões. O olfato do T-Rex é melhor até que dos cachorros modernos. O T-Rex tem a maior cavidade olfativa dos dinos. o Espinossauro tinha um crânio comprido estreito e achatado de forma que não cabia um cérebro grande. O T-Rex tem um crânio mais espaçoso. A mandibula do T-Rex é grossa grande e forte que pode abrigar um homem inteiro. E os dentes eram grandes e grossos, curvados para trás com as bordas serrilhadas, se forma que agarraria melhor suas vítimas. Os dentes da frente eram maiores para capiturar sua presa. O T-Rex tinha a melhor mordida. A mordida do spino pode ser comparado a de um jacaré mais a mordida do T-Rex pode ser comparada a de um tubarão. O T-Rex tinha um esqueleto forte como o do Edmontossauro. Os braços do T-Rex não eram inúteis porque não davam peso a ele para ele não ser tão lento e eles eram fortinhos para ajudalo a se levantar. Deite-se no chão de brussos e tente se levantar sem usar os braços e sem rolar e tu verás como é dificil. O T-Rex não é chamado de rei sem motivo.

Vinícius disse...

Cara pense bem, em posição quadrúpede (a qual o Spino era obrigado a se locomover) ele ficava mais baixo q o T-rex e isso dava mais facilidade para o T-rex agarrar o pescoço dele e até mesmo a cabeça... O Spino até podia se levantar, mas isso seria algo temporário já q ele ñ conseguia se locomover em posição bípede direito em terra firme...!!!

Marcos Henrique Camillo disse...

Oi não acredito em nada que não possa ver sobre isto.
Eu vi dois pit Bulls apanharem de um doberman sendo q um morreu e o pit bull tem o cranio maior e a mordida mais pesada.

Espino Games Br disse...

Eu acho que o espinossauro mesmo quadrúpede ele teria chance. Vamos imaginar que o T-rex morde a escama dele o espinossauro conseguiria morder o pescoço dele por baixo e se o T-rex bobear ele morre