Às vezes o conteúdo que você procura não está na primeira página. Seja um paleontólogo no Ikessauro e procure aqui o conteúdo que deseja!



quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Melhor olfato era o do "Rei dos Dinossauros" dizem paleontologistas canadenses

Crânio de Sue, o maior e mais completo T-rex já encontrado
© Field Museum of Chicago
Um novo estudo sugere que o Tiranossauro rex tinha um olfato super apurado, sentindo cheiros à muitos quilômetros de distância. Confira tudo sobre esta pesquisa expandindo esta postagem.

Segundo os pesquisadores Darla Zelenitsky da Universidade de Calgary e François Therrien, do Museu Royal Tyrrell de Alberta - Canadá analisaram o bulbo olfativo de fósseis de Tiranossauro rex e determinaram que o volume e a forma do mesmo indicam que seu olfato era muitíssimo apurado, mais do que a da maioria de todos os dinossauros carnívoros já encontrados e de herbívoros também. Isto mostra que os ancestrais das aves tinham um olfato ótimo, ao contrário das aves atuais que tem olfato um pouco mais fraco, pois sabemos que os dinossauros originaram os pássaros de hoje. O Archaeopteryx, do período Jurássico, tinha uma ótima visão e olfato, assim como os dinossauros terópodes. Além do Tiranossauro, os pesquisadores analisaram outros predadores, como os maniraptoriformes e ornitomimossauros.
O bulbo olfativo é a parte do cérebro associada ao olfato. Naturalmente, o cérebro não se conserva, mas graças à tecnologia TAC (tomografia axial computadorizada), hoje é possível analisar o crânio - caso esteja em bom estado - e estimar como ele (o cérebro) era.
O T.rex recebeu a fama de carniceiro por ter este olfato muito bom, sendo que afirmam alguns paleontologistas que o animal rastreava carcaças pelo fedor exalado. No entanto, animais atuais com grande bulbo olfativo são predadores ativos e não carniceiros, dizem os paleontologistas que publicaram esta pesquisa na revista científica "Proceedings of the Royal Society B". No entanto, isto não quer dizer o "Rei dos Dinossauros" dispensava carcaças em decomposição, afinal, animais mortos não necessitam de luta para se tornarem um banquete e por tal motivo o predador obviamente poupava energia para situações futuras.

Fontes

0 comentários :